BRASIL, Centro-Oeste, BRASILIA, Mulher, de 26 a 35 anos, rrsalgueiro@gmail.com

 

    Shira - leia tudo e depois volte aqui
  CDLib
  Albawaba - fofoca
  Allan Sieber
  Flamenquito é a Mãe!
  Adote um gatinho!!!
  Pró Anima
  Gilded Serpent
  Parafernálias Bizarrescas
  Babbling...
  O Puxadinho
  Clau no Multiply
  Aline
  Camilla
  Tanz und so weiter
  Salladin-ha
  (An)Danças de Lory
  Patifaria Protocolada
  Contos de uma mente inquieta
  A Feminista
  Cynthia Semiramis
  Just a Bellydancer
  Paula Cunha
  Ah! Libanezza!
  Dadivosa
  Pé de Lobeira
  Do Corpo sem Ventre
  Raquel
  Sucrilhos e Bigornas
  Dança do Vento - ofertas
  SOS Gatinhos de Rua
  Samya-Ju
  Instituto de Cultura Árabe
  The hip circle
  Arab Music Downloads
  Mais links


 

 
 

   


 
 
Yalla!



Tenho bastante coisa pra falar. Mas nenhum tempinho de sobra pra postar. Porque quando estou à toa saio, vou tomar cerveja e conversar fiado. Está tudo bem tumultuado. Mas tanta coisa aconteceu... Pro ano que vem vou sistematizar o monte de impressões que tive nesse último semestre. Porque minha vida de dança teve uma boa reviravolta. Agitou mesmo. Fui ver os arquivos de dezembro passado para ver o que tinha me prometido e vi que quase tudo foi realizado:

1) "Fazer um workshop com qualquer bailarina árabe que vier ao Brasil"
- Eu ia fazer o da Dina, mas daí rolou a coisa mais bacana do mundo, né? Fui dar workshop na Holanda. Muito fino, muito fino! E, por fim, a Dina nem veio.

2) "Fazer um ensaio fotográfico"
- Fiz e ficou um luxo!

3) "Aprender, definitivamente, a tocar snujs"
- Ah, nem rolou.

4) "Comprarei o vestido preto da Júlia"
- Não comprei. Usei emprestado no show da Holanda, bem bonito, apesar de meio longo. Daí comprei um pra mim, preto também, bem bonitão. Quando sairem as fotos do show, coloco aqui pra leitora espiar.

5. "Vou voltar a me apresentar"
- Fiz showzinho em dois palcos diferentes!

É a força do pensamento, minha gente. Tudo se movimenta.

* * *

Pra não perder o hábito, vão aí minhas promessas de ano novo:

1) Fumar menos. Pra ter mais fôlego mesmo;
2) Fazer aulinha de ballet clássico - pra ter equilíbrio e firmar as carninhas;
3) Fazer workshop com qualquer bailarina árabe que vier ao Brasil - porque sou brasileira, né? O resto a gente já sabe.
4) Aprender aquele giro com giro de cabeça - sabe qual é? Aquele que deixa a gente bem descabelada.
5) Planejar cada uma das minhas aulas;

E tá bom, senão desanda.

* * *
Pras meninas que vêem aqui e garantem que não estou falando sozinha, desejo uma linda passagem de ano! E que 2008 venha firme e positivo. Com muita comida gostosa, amigos sinceros e divertidos, saúde, equilíbrio, serenidade, companheirismo e bom sexo. Porque o resto a gente ajeita.




Escrito por Roberta às 23:18
[   ] [ ]




Tudo bem que desencanei geral dssas bandas, porque o uol está de sacanagem com as imagens que tento usar para ilustrar meus posts. E porque estou trampando muito na minha outra atividade (que vem a ser minha profissão, dizem). Mas tem coisa rolando. Pra chuchu. Uma delas é o espetáculo do Ayuny, nesse domingo (dia 09), que vai ser muito bacana. Fiz o programa e a seleção de imagens e tal e coisa. Me parece bem bacana e recomendo, né? Vou dançar e comprei roupa nova. Nessa de comprar roupa de última hora acabei rompendo um tabu: não gostava de roupa preta. Né nem por superstição, é que acho que não vai pra todo lugar e fecha o sentido da dança. Tipo não fica bem com cenário preto (a maior parte dos palcos) e é meio classudão demais. Mas daí que soube com uma semana de antecedência que faria um solo. A idéia anterior era um rodízio de professoras, mas a Lúcia liberou geral. Daí minhas velhas roupinhas ficaram ainda mais velhas e tive que abrir a carteira. E pintou essa roupa toda bonitona que pedi para colocar telinha, pra virar vestido, porque acho mais chique. Olha que a roupa é tão bem cortada que ficou bonita mesmo sem tela. Mas gosto de vestido. Se rica eu fosse, mandaria confeccionar uma roupa de dança na Chanel.
A outra notícia é que minhas alunas do MP não se apresentarão esse ano. Um rolo com a bailarina que nos convidou. Achei até bom, porque estava estressadona com tanto ensaio. Mas a coreo está tão bonita... Queria muito ver as moças no palco. Vai rolar, então, um chá em abril. A vantagem é trazer também minhas alunas do Ayuny para participar. Acho até mais bacana ter um show informal antes de subir ao palco. Fui ao chá de uma das colegas dia desses, que também é professora de uma de minhas alunas e achei tão bom! Tudo organizadinho, uma beleza. Vou copiar total! ^_^
Daí relato aqui.


Escrito por Roberta às 03:21
[   ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]