BRASIL, Centro-Oeste, BRASILIA, Mulher, de 26 a 35 anos, rrsalgueiro@gmail.com

 

    Shira - leia tudo e depois volte aqui
  CDLib
  Albawaba - fofoca
  Allan Sieber
  Flamenquito é a Mãe!
  Adote um gatinho!!!
  Pró Anima
  Gilded Serpent
  Parafernálias Bizarrescas
  Babbling...
  O Puxadinho
  Clau no Multiply
  Aline
  Camilla
  Tanz und so weiter
  Salladin-ha
  (An)Danças de Lory
  Patifaria Protocolada
  Contos de uma mente inquieta
  A Feminista
  Cynthia Semiramis
  Just a Bellydancer
  Paula Cunha
  Ah! Libanezza!
  Dadivosa
  Pé de Lobeira
  Do Corpo sem Ventre
  Raquel
  Sucrilhos e Bigornas
  Dança do Vento - ofertas
  SOS Gatinhos de Rua
  Samya-Ju
  Instituto de Cultura Árabe
  The hip circle
  Arab Music Downloads
  Mais links


 

 
 

   


 
 
Yalla!



Ah, o artesanato...

Que a dança do ventre é um ímã pro que há de mais brega na produção humana nós já sabemos. Que ao começar a praticar dança do ventre a maioria das mulheres sai pra comprar roupinha sem o menor discernimento nós também já sabemos. O que eu não entendo é como é que algumas pessoas produzem (e usam!) algumas peças que são escancaradamente horrorosas. Tipo isso aqui:

Repare que maravilha de caimento tem esse tecido. E esse top dá uma segurança inimaginável, né? E a originalidade do modelo? Luxo.

Por favor, alguém me informa QUEM usa uma peça dessas? Que modelo é esse? E o fenomenal detalhe das manguinhas minimalistas?

Ai. Tipo uma roupinha de verão. Pra quê comprar collant, né, minha gente? Bom mesmo é usar um macaquinho (?) de crochet com moedinhas.

Agora minha preferida:

Tipo: "é muito caro comprar lenço de quadril, além do mais todos são iguais. Vou ser diferente: vou fazer o meu e inovar no padrão! Ai, amo borboleta!" Taí o resultado. Toda torta. E gorda. E com deficiência de pigmentação. Assim que sai a borboleta. Aliás, que obsessão é essa com borboleta?

Doeu as vista? Magoou? Então vê se olhando esses modelos da Nour dá uma aliviada. Sim, resta uma esperança. 



Escrito por Roberta às 08:44
[   ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]